Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

O jornaleiro das Alcáçovas

 

 

 

 

 

Caro Costa e Silva, diariamente passo os olhos pelo blogue Alcáçovas, há sempre informação relevante no que diz respeito ao concelho, ao distrito e até ao país. De vez em quando há uma fraca (muito fraquinha) indignação acerca dos problemas do concelho. Ora é uma notícia relativa a lixo espalhado num ermo, ou ruas mal pavimentadas e mais ultimamente curiosos rasgos de genialidade onde vossa excelência em tom de discordância se zanga com as iniciativas da cmva anteriormente discutidas penso eu também por si.
 
Desde a sua discordância com o programa cultural da cmva, onde á posteriori dos acontecimentos nos embala com uma cantiga antiga do tipo: - Se fosse eu fazia de outra forma!
Desculpe perguntar: - Mas antes das festividades não conhecia já vossa excelência o programa, e se sim, porque não nos informou pelos mesmos meios. Era no mínimo interessante colocar-nos a todos a pensar se realmente este é o melhor programa cultural, mas agora que as festas já foram e que julgo terem sido do agrado dos munícipes no geral já não há grande coisa a fazer.
 
Fica a mensagem, consigo teríamos uma melhor política cultural.
 
 Nos últimos dias brinda-nos com a cereja em cima do bolo num post intitulado “Os custos com a acessória”, onde nos é dado a conhecer a sua teoria economicista com cheiro a Ferreira Leite, em que questiona o papel desempenhado pelo Sr. Diamantino sem no entanto nos explicar se foi bom ou mau, se foi em prol da cmva ou da CDU. É você que está lá não sou eu, já agora pergunto-lhe o que acha do trabalho do Sr. Diamantino? E acerca da finalidade do seu trabalho, foi em prol da cmva ou da CDU? Sinceramente fiquei espantado com tanta falta de objectividade, ficando ainda mais quando na esperança de encontrar as respostas lá para o meio do texto, começo a ver a sua preocupação puramente economicista em relação ao salário de um assessor. Sinceramente como o referi em comentário não publicado por vossa excelência no seu post, a mim preocupa-me mais quem ganha pouco. E nunca se esqueça que quanto maior for o numero de pessoas com melhor salário menor será o numero de pessoas com salário pequeno, e como você sabe muito bem, um bom assessor, pode trazer ideias e vantagens a uma administração, é por isso que se paga mais, pelas mais valias pessoais. A não ser que o PSD Viana do alentejo também tenha enveredado pelo caminho da felicidade comunista, onde o próprio líder almeja ser assessor do presidente a ganhar 450 euros por mês.
 
Caro António Costa da Silva, sei que aparece todos os dias a dizer qualquer coisa, mas de vez em quando diga-nos qualquer coisa que nos emocione. Os jornalistas escrevem crónicas sobre algo, os políticos contestam esse algo, você parece o jornalista das Alcáçovas ou devo dizer jornaleiro.
publicado por peixebanana às 20:13
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De José Rocha a 4 de Julho de 2008 às 21:41
Os Meus Parabens
Grande post

De Anónimo a 4 de Julho de 2008 às 23:12
*****
De Anónimo a 6 de Julho de 2008 às 03:49
muito bom post! este costa da silva nao tem feito nada pelo concelho nem oposição sabe fazer!!! assim que o psd tiver no governo ele ha de arranjar logo um tacho e esquece-se de viana do alentejo! parabens pelo comentario peixe banana
De alcacovas a 7 de Julho de 2008 às 00:57
Caro Peixe Banana,
Para sua eventual surpresa decidi responder-lhe. Foi tão claro e emocionante a pedir a minha intervenção que decidi responder-lhe. Como sabe, não é muito hábito da minha parte responder a anónimos, mas abro a excepção. As suas preocupações com Aguiar e com o concelho de Viana do Alentejo merecem todo o respeito que eu gostaria de deixar claras algumas opiniões:
1) O post que eu fiz no blog Alcáçovas “Os Custos com a Assessoria” são a minha opinião e reflexão sobre esta matéria bem específica. Não é meu hábito escrever de uma forma agressiva sobre as pessoas, partidos e instituições. Apesar do estilo não lhe agradar, a si e muitas outras pessoas, é a minha forma de escrever;
2) Quanto às questões colocadas são para cada um poder pensar sobre elas e dar a sua opinião. Evidentemente, está lá bem subjacente a minha opinião, basta ler com olhos de ler;
3) Se no blog Alcáçovas não estão totalmente expressas as minhas discordâncias é porque tem sido essa a minha opção, o que não quer dizer que escreva sobre aquilo que me apetecer e de acordo com a minha disponibilidade;
4) Esclareço, também, que estão há vários editores do blog Alcáçovas que nada têm a ver com PSD, por isso o blog é claramente plural. Há quem tente identificá-lo com a oposição à Câmara, mas é uma ideia errada. Só pensam assim porque eu estou lá e sou um responsável do PSD e vereador eleito;
5) Em relação à opinião economicista (tal como entendeu) está redundamente enganado sobre o que está em discussão. Questionam-se discursos e políticas, não o ordenado que o Sr. auferia. Discutem-se também algumas contradições na oratória, nomeadamente os argumentos sobre os “cortes contra o orçamento da autarquia”, assim como, quando se intitulam de jobs for the boys aos elementos dos outros partidos (neste caso ao PSD e PSD). Aliás, esta discussão tem uma sequência que já vem longa, talvez não saiba;
6) Quanto às questões editoriais do blog, essas não têm nenhuma intenção jornalística.

Aproveito a oportunidade para lhe deixar o endereço onde poderá ler as actas da Câmara e assim saber quais as opiniões ali expressas sobre as diferentes temáticas discutidas:
http://www.cm-vianadoalentejo.pt/pt/conteudos/gabinete+do+municipe/actas/

Gostaria mais de discutir as minhas opiniões, nomeadamente do seu blog, caso soubesse quem está do outro lado. Como deve compreender, esta é uma “luta” desigual. Apesar da arquitectura (penso que aí é entendido na matéria) que engendrou para me trazer a esta discussão, espero comentar no seu blog (com o meu nome inscrito no texto) sempre que possível.

Lamento desiludi-lo, sei que um recém eleitor de Aguiar deve esperar mais da oposição concelhia. Felizmente que continua com um lugar à espera para assistir às reuniões de câmara (raramente é ocupado) e manifestar as suas opiniões como cidadão deste concelho. De outra forma, pode participar em reuniões do PSD de Viana do Alentejo (facilmente obterá o meu contacto) e aí manifestar as suas preciosas e válidas opiniões.

No entanto, não abandone o seu “Um dia Perfeito para os Peixes Banana” e se possível inscreva o seu nome. Dessa forma, dificilmente cortarão a água aos seus Peixes Banana.

Cumprimentos

António Costa da Silva
De António Costa da Silva a 7 de Julho de 2008 às 01:00
Caro Peixe Banana,
Para sua eventual surpresa decidi responder-lhe. Foi tão claro e emocionante a pedir a minha intervenção que decidi responder-lhe. Como sabe, não é muito hábito da minha parte responder a anónimos, mas abro a excepção. As suas preocupações com Aguiar e com o concelho de Viana do Alentejo merecem todo o respeito que eu gostaria de deixar claras algumas opiniões:
1) O post que eu fiz no blog Alcáçovas “Os Custos com a Assessoria” são a minha opinião e reflexão sobre esta matéria bem específica. Não é meu hábito escrever de uma forma agressiva sobre as pessoas, partidos e instituições. Apesar do estilo não lhe agradar, a si e muitas outras pessoas, é a minha forma de escrever;
2) Quanto às questões colocadas são para cada um poder pensar sobre elas e dar a sua opinião. Evidentemente, está lá bem subjacente a minha opinião, basta ler com olhos de ler;
3) Se no blog Alcáçovas não estão totalmente expressas as minhas discordâncias é porque tem sido essa a minha opção, o que não quer dizer que escreva sobre aquilo que me apetecer e de acordo com a minha disponibilidade;
4) Esclareço, também, que estão há vários editores do blog Alcáçovas que nada têm a ver com PSD, por isso o blog é claramente plural. Há quem tente identificá-lo com a oposição à Câmara, mas é uma ideia errada. Só pensam assim porque eu estou lá e sou um responsável do PSD e vereador eleito;
5) Em relação à opinião economicista (tal como entendeu) está redundamente enganado sobre o que está em discussão. Questionam-se discursos e políticas, não o ordenado que o Sr. auferia. Discutem-se também algumas contradições na oratória, nomeadamente os argumentos sobre os “cortes contra o orçamento da autarquia”, assim como, quando se intitulam de jobs for the boys aos elementos dos outros partidos (neste caso ao PSD e PSD). Aliás, esta discussão tem uma sequência que já vem longa, talvez não saiba;
6) Quanto às questões editoriais do blog, essas não têm nenhuma intenção jornalística.

Aproveito a oportunidade para lhe deixar o endereço onde poderá ler as actas da Câmara e assim saber quais as opiniões ali expressas sobre as diferentes temáticas discutidas:
http://www.cm-vianadoalentejo.pt/pt/conteudos/gabinete+do+municipe/actas/

Gostaria mais de discutir as minhas opiniões, nomeadamente do seu blog, caso soubesse quem está do outro lado. Como deve compreender, esta é uma “luta” desigual. Apesar da arquitectura (penso que aí é entendido na matéria) que engendrou para me trazer a esta discussão, espero comentar no seu blog (com o meu nome inscrito no texto) sempre que possível.

Lamento desiludi-lo, sei que um recém eleitor de Aguiar deve esperar mais da oposição concelhia. Felizmente que continua com um lugar à espera para assistir às reuniões de câmara (raramente é ocupado) e manifestar as suas opiniões como cidadão deste concelho. De outra forma, pode participar em reuniões do PSD de Viana do Alentejo (facilmente obterá o meu contacto) e aí manifestar as suas preciosas e válidas opiniões.

No entanto, não abandone o seu “Um dia Perfeito para os Peixes Banana” e se possível inscreva o seu nome. Dessa forma, dificilmente cortarão a água aos seus Peixes Banana.

Cumprimentos

António Costa da Silva

Comentar post

.Sobre um dia perfeito para os peixes banana

 

Um dia perfeito para os peixes banana é um blog sem cor, mas com opinião acerca de algumas questões que são importantes para todos nós. Não pretende fazer oposição a nada nem a ninguém, pretende apenas despertar os sentidos de quem pode fazer mais e melhor. Tem acesso livre e publicação de comentários que embora moderados são normalmente publicados na integra (a moderação serve exclusivamente para que se proteja a integridade pessoal da nossa gente).
Se pretender contactar o blog via email pode fazê-lo para peixebanana@sapo.pt e colocar as suas opiniões, duvidas ou participar no blog. Um dia perfeito para os peixes banana reserva-se no direito de publicar apenas o que acha válido para uma opinião responsável e construtiva.
A causa publica é a principal bandeira e existe para que através de uma opinião (que não passa disso mesmo), se possa debater um tema e assim adquirir conhecimento.
Quem não gosta do formato não veja, quem gosta sinta-se em casa, mas ambos são bem recebidos.
 
Um dia perfeito para os peixes banana

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.

 

Clarice Lispector

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favoritos

. QUARTOS-CHAMBRES-ROOMS

.links

.o tempo

eztools.com

.sobre o peixe banana

.posts recentes

. ...

. retratos

. Movimento Unidos pelo Con...

. twenty three:

. Curtas

. Moderação

. Um docinho...

. Unidos Venceremos

. Apresentação do candidato

. Modern Toss

. Era uma vez...

. more wordboner

. O curso

. Projectos do Sr. Eng. Soc...

. Sim é possivél, urinar em...

. PLANO PARA SALVAR PORTUGA...

. Word Boner

. tumblr

. Para quem ainda tinha duv...

. Viana tem mais encanto na...

Alucinações

 
Um polícia reformado imagina que uma criança inglesa morreu num trágico acidente e que o corpo foi congelado ou conservado no frio pelos pais e amigos.

Um político socialista imaginou que era possível combater a corrupção neste sítio cada vez mais mal frequentado, apresentou um pacote de medidas e ficou muito desiludido quando o seu partido o atirou para o lixo e aprovou um conjunto de diplomas que vai deixar tudo como antes, o quartel-general em Abrantes. O mesmo político imagina, agora, que a corrupção está mais elevada do que nunca e fica triste porque ninguém lhe liga nenhuma.

A líder do maior partido da Oposição imagina que é possível chegar ao poder sem andar por aí em festas folclóricas, em espectáculos medíocres e chega ao ponto de dizer que vai tentar falar verdade sobre os problemas do sítio e que não se pronuncia sobre assuntos que não conhece.

Um ministro deste Governo socialista imagina-se como director comercial de uma multinacional e salta de contente sempre que assina um contrato com uma empresa qualquer. O mesmo governante imagina um dia que a crise económica, financeira e social já passou e no outro imagina que o que aí vem vai ser bem pior.

Um primeiro-ministro que os indígenas elegeram em 2005 com maioria absoluta imagina que vive num sítio maravilhoso, com uma economia pujante, com um nível de vida extraordinário, com cidadãos altamente qualificados e até imagina que Angola tem um governo fabuloso, digno dos maiores elogios, que a Líbia é dirigida por um ser normal, democrático, que até escreveu em tempos um livro que só por acaso não ganhou o Nobel da Literatura e que a Venezuela tem um presidente civilizado, com os alqueires todos no sítio e que merece ser recebido várias vezes em poucos meses com gestos de grande carinho e amizade.

Um Presidente da República imagina que os seus silêncios são mais importantes do que as suas palavras e imagina que quando discursa alguém o ouve verdadeiramente com atenção. Imagina que quando fala na necessidade de se combater a corrupção ou atacar a sério os problemas da Justiça e da Educação alguém o leva verdadeiramente a sério e vai a correr preparar mais uns diplomas para indígena ver.

A alucinação, como se vê, veio para ficar. Está a tornar-se numa pandemia. Em vez de dinheiros da Europa, o sítio precisa urgentemente de uma enorme equipa de psiquiatras que o cure da doença enquanto há tempo e esperança de cura.

António Ribeiro Ferreira
[in Correio da Manhã, 28.07.2008]

.visitantes

Web Counters
Cheap Laptop

.subscrever feeds