Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008

Há Fadista!

 

7 meses de intenso combate, tornaram o nosso lider Camarada Vereador Fadista num icone para os Aguiarenses. Aqui fica um pequeno testemunho da criatividade e das brilhantes intervenções do nosso eleito. Obrigado camarada Vereador Fadista, com a fasquia tão alta vai ser dificil corresponder nos proximos 7 meses ás expectativas criadas.
 
Ficam aqui todas as intervenções em reuniões ordinárias do nosso eleito na autarquia nos ultimos 7 meses.
 
 
(…)O senhor Presidente informou que no dia 16 de Fevereiro foi comemorado o 3.º aniversário da Associação Equestre de Viana, tendo estado presente o senhor Vereador Fadista.(…)
IN ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 20/02/2008
 
 
(…)Referiu ainda ter ela própria, conjuntamente com o senhor Vereador Fadista, participado numa reunião da Assembleia Intermunicipal da Associação de Municípios do Distrito de Évora, tendo sido discutido o Plano de Desenvolvimento Regional.(…)
IN ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 30/04/2008
(…)O senhor Vereador Fadista informou que também no dia 24 de Maio teve lugar o 20.º aniversário da Associação de Caçadores de Viana do Alentejo, tendo ele próprio estado presente em representação da Câmara.(…)
IN ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28/05/2008
(…)O senhor Presidente informou também que no dia 6 de Junho foi promovida uma viagem a Lisboa, em autocarro municipal, dos idosos do concelho de participantes nas marchas populares, a fim de assistirem à exibição das marchas de Lisboa no Pavilhão Atlântico. Foram acompanhados pela senhora Vice-Presidente e pelo senhor Vereador Fadista.(…)
IN ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 11/06/2008
(…) A senhora Vice – Presidente referiu também que no dia 30 de Junho cessou funções o Adjunto do senhor Presidente da Câmara, Diamantino Dias. Referiu ainda que no dia 5 de Julho teve lugar o trigésimo aniversário do Grupo Coral e Etnográfico de Viana do Alentejo, tendo estado presente em representação da Câmara o senhor vereador Manuel Fadista(…)
IN ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 09/07/2008
(…)O senhor vereador Fadista disse ter estado presente na festa do ballet em Viana, em representação da Câmara, sendo de salientar o muito bom nível do espectáculo a que assistiu. Disse que quer a Casa do Benfica quer a professora e alunas do ballet e sevilhanas estão de parabéns pela excelente qualidade do espectáculo que proporcionaram(…)
IN ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 09/07/2008
(…)O senhor vereador Fadista informou que os trabalhos de marcação e remarcação de passadeiras em Viana e Alcáçovas já foram adjudicados pelo que brevemente a empresa adjudicatária os iniciará(…)
in ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 09/07/2008
 
E por fim a cereja em cima do bolo, o homem deve ter tomado café.
(…)O senhor Vereador Marcos perguntou se da deslocação do senhor Vereador Fadista com um técnico ao pontão de Canelas havia sido concluída alguma coisa e tomada alguma decisão.(…)
(…)- O senhor Vereador Fadista, relativamente à limpeza das bermas, disse que é a partir desta data que esses trabalhos devem ser efectuados, havendo condições para que se iniciem. -------------------- Quanto à necessidade de reparação da estrada Viana – Alcáçovas, disse o senhor Vereador Fadista que independentemente deste Município considerar que a responsabilidade é do Instituto de Estradas de Portugal, tem procedido a alguns arranjos na mesma. Disse que possivelmente será de tentar mais uma vez a assinatura do protocolo para que claramente a estrada fique sob a responsabilidade do referido Instituto. --
- Quanto à estrada de Santa Catarina disse o senhor Vereador Fadista que não está prevista qualquer intervenção de fundo mas apenas as reparações ao nível das que se têm vindo a efectuar. ------------------------------------------------------------------
---- Quanto ao caminho agrícola entre o Bairro dos Barrancões e a E.N. 2 em Alcáçovas, disse que há de facto a intenção de proceder à sua reparação, não sendo possível precisar quando. Referiu que além deste caminho, é intenção também que até ao final do ano fique reparado um outro, em Aguiar, entre a Rotunda e o Bairro Novo à saída para Évora. --------------------------------------------------
- Quanto às ervas nalguns espaços públicos, designadamente junto ao depósito em Alcáçovas, disse o senhor Vereador Fadista que de facto dão um mau aspecto mas as dificuldades de mão-de-obra, acrescidas no período de férias, contribuem para que não seja possível realizar tudo o que seria desejável. --------------------------
- Quanto aos passeios do Loteamento do Chão do Mocho disse não ter ainda conhecimento de que estão a abater em alguns locais, pelo que irá verificar se o prazo de garantia da obra ainda está a decorrer. ---- Quanto ao pontão de Canelas, disse este Vereador ter ido ao local tendo constatado que o mesmo se encontra estável, não se tendo agravado o seu estado. Disse já ter o projecto para a intervenção a efectuar sendo necessário averiguar a tramitação em termos de licenciamento da obra. Informou que continua proibido o trânsito a veículos pesados, por uma questão de precaução. ------------------ Relativamente ao aproveitamento do espaço do mercado de Alcáçovas para outras actividades, disse o senhor Vereador Fadista que é de pensar em utilizações alternativas. A sugestão de realizar lá a Mostra de Doçaria não poderá ser levada à prática uma vez que o espaço é exíguo para esse efeito.
IN ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 23/07/2008
 
Obrigado por ter dito uma vez a palavra Aguiar, e já agora que é feito do pavilhão?
publicado por peixebanana às 12:50
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Anónimo a 22 de Agosto de 2008 às 22:45
Quem não conhece o sistema fica de boca aberta ao ler este post. Bom trabalho peixe banana.
Nas próximas eleições vamos votar novamente no Fadista que Aguiar continuará a estar bem representada.
De Anónimo a 23 de Agosto de 2008 às 00:51
Depois de ter lido com muita atenção este excelente post, outros dirão que é propaganda que é para dizer mal, outros ainda dirão que há uma concertação de maledicência entre alguns blogues do concelho, que o peixe banana se anda a fazer etc. etc.
Eles não devem tardar em aparecer em defesa da "dama", alguns deles, a soldo de interesses ligados à teta autárquica.
Esta teta é a maior entidade empregadora do concelho, fornece algum leite para algumas associações, umas merecem outras não, 500 euros para aqui, 200 euros para acolá. Algum pessoas não gostam de quem levanta estas ondas que na verdade expõe o que de mais ridículo e medíocre acontece na política local.
Como é possível que um elemento do executivo, no texto destas actas, umas vezes falam por ele e o pouco que diz não preenche meia página.
Só uma pequena nota sem grande relevância para o que aqui se discute: através do Decreto-Lei nº 239/2004, de 21 de Dezembro, publicado no Diário da República nº 297 - I Série A, o Instituto das Estradas de Portugal (IEP), foi transformado em entidade pública empresarial, com a denominação de EP - Estradas de Portugal, E.P.E.”. Actualmente designa-se por EP – Estradas de Portugal S.A.

Após estes pequenos desabafos, vamos tentar resumir a actividade do Sr. Vereador Fadista, nosso eleito, durante o período em discussão, à luz das actas das reuniões ordinárias da Câmara.

•Ficámos a saber através da acta de 20/2/2008 pelo Sr. Presidente que o Sr., Vereador esteve presente nas comemorações do 3.º aniversário da Associação Equestre de Viana – primeira festa.
•Atento à afonia do Sr. Vereador, o Sr. Presidente informou que o colega participou numa reunião da Associação de Municípios do Distrito de Évora – trabalho
•Ainda não recuperado do estado afónico, o Sr. Presidente informou que o Sr. Vereador esteve presente nas comemorações do 20.º aniversário da Associação de Caçadores de Viana do Alentejo – segunda festa.
•Ficámos a saber, mais uma vez, pelo Sr. Presidente que o Sr., Vereador, em autocarro municipal, acompanhou os idosos do concelho participantes nas marchas populares, a fim de assistirem à exibição das marchas de Lisboa no Pavilhão Atlântico - Acção social de festa e propaganda.
•Ficámos a saber pela Sra. Vice-presidente que o Sr., Vereador esteve presente no trigésimo aniversário do Grupo Coral e Etnográfico de Viana do Alentejo – terceira festa
•Finalmente recuperado do seu prolongado estado afónico, o senhor vereador Fadista disse ter estado presente na festa do ballet – quarta festa.
•O senhor vereador Fadista informou que os trabalhos de marcação e remarcação de passadeiras em Viana e Alcáçovas já foram adjudicados. – trabalho
•Finalmente na acta de 23/7/2008 o Sr Vereador Fadista desengasgou-se e fala de alguns trabalhos em execução no concelho e outros em vias de serem realizados - trabalho.
•Resumido, durante este tempo, foi a quatro festas, a uma acção social de festa e propaganda, fez 2 biscates para finalmente em 13/7/2008 ter desabrochado como grande empreendedor.

Como diz o povo, “o tempo é que os desimagina”. Já viram o salto qualitativo que o nosso eleito deu em tão pouco tempo?

E este embalo de adormecer eleitor: enquanto não houver nada para inaugurar, alinhamos nuns comes e bebes e aproveitamos para ir fazendo propaganda, pelo meio vamo-nos entretendo com uns biscates.

Quem é que sabe? Quem é?
De Anónimo a 23 de Agosto de 2008 às 14:26
Mas qual pavilhão? Aquele que esteve quase ... e depois abalou o dinheiro para as Alcáçovas e agora está novamente para vir?

Até pode ser que vá para Aguiar, mas primeiro temos que fazer ….., depois ainda não fizemos ….., seguidamente há aquela obra urgente do ……., ainda não estão concluídas as …… , também faz parte do programa eleitoral o ……….., depois no final temos quer fazer bem as contas e, bolas - são só cerca de 200 votos e mesmo sem pavilhão em Aguiar o povo é fiel e continua connosco.

Quem estiver mal e não gostar de cá estar – mude-se para a Madeira.
De Joaquim Motorizadas a 25 de Agosto de 2008 às 21:02
...Veremos que o Sr. Vereador anda a investir nas Alcaçovas, e para a proxima concorrerá por aquele municipio...
Isto hoje em dia a Politica é mesmo assim, hoje aqui, amanha ali...o que interessa é que depois de entrar não sair mais...
De praça negra a 26 de Agosto de 2008 às 00:05
Com estes predicados nem pra jardineiro da junta.
De Anónimo a 27 de Agosto de 2008 às 14:04
Parabéns ao peixe banana pelo post em que nos dá a conhecer as intervenções do Vereador Fadista durante as reuniões de Câmara que ocorrem quinzenalmente.
É evidente que ao contrário dos eleitos pelos Partidos da oposição, o Vereador Fadista desempenha funções de executivo e nesse sentido e porque deve ser mais justo em relação ao seu trabalho, na Autarquia, desafio-o a investigar o labor do Vereador no seu dia a dia.
Também como sugestão seria interessante investigar através das actas de sessões da Assembleia Municipal a qualidade e quantidade das intervenções dos Deputados Municipais eleitos pelas listas da CDU, bem como a opinião nesse órgão emitidas pelos referidos Deputados relativamente ao que se passa no Concelho.
Bom trabalho
De Anónimo a 29 de Agosto de 2008 às 22:44
As actas da Assembleia Municipal são assunto tabu, para serem lidas é necessário deslocarmo-nos à Câmara, tal Torre do Tombo, para se poderem ler. Não têm cabimento no site da Câmara, portanto quem tiver vontade, pés ao caminho.
Tudo isto faz parte da estratégia de sonegar a maior parte da informação respeitante ao trabalho dos eleitos nesse órgão autárquico, não vão uns curiosos “peixes bananas” indagar facilmente o que lá se passa.
Esta “pouca-vergonha” é protagonizada precisamente pela força política que mais apregoa a liberdade de informação e o seu fácil acesso.
Tenho esperança que todas estas manobras antidemocráticas, associadas a práticas danosas de gestão, tenham o seu justo desfecho nas próximas eleições autárquicas.
De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 20:22
Já alguns meses atrás tinha referido neste blog que só queriam tacho!
e este post veio mais uma vez elucidar que estão a travar o desenvolvimento de Aguiar !
O Sr. . vereador Fadista devia ser chamado a contas pela população e dizer o que já fezes ao longo deste mandato!
Quero dizer NADA!
Só alguns Totós é que não enxergam !
Das promessas eleitorais não compridas ! além do pavilhão falta ser assinado a compromisso com associação de caçadores do terreno que lhes foi prometido !
E o mais interessante disto é que o Sr. . vereador Fadista faz parte da Direcção da referida Associação !

Comentar post

.Sobre um dia perfeito para os peixes banana

 

Um dia perfeito para os peixes banana é um blog sem cor, mas com opinião acerca de algumas questões que são importantes para todos nós. Não pretende fazer oposição a nada nem a ninguém, pretende apenas despertar os sentidos de quem pode fazer mais e melhor. Tem acesso livre e publicação de comentários que embora moderados são normalmente publicados na integra (a moderação serve exclusivamente para que se proteja a integridade pessoal da nossa gente).
Se pretender contactar o blog via email pode fazê-lo para peixebanana@sapo.pt e colocar as suas opiniões, duvidas ou participar no blog. Um dia perfeito para os peixes banana reserva-se no direito de publicar apenas o que acha válido para uma opinião responsável e construtiva.
A causa publica é a principal bandeira e existe para que através de uma opinião (que não passa disso mesmo), se possa debater um tema e assim adquirir conhecimento.
Quem não gosta do formato não veja, quem gosta sinta-se em casa, mas ambos são bem recebidos.
 
Um dia perfeito para os peixes banana

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.

 

Clarice Lispector

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favoritos

. QUARTOS-CHAMBRES-ROOMS

.links

.o tempo

eztools.com

.sobre o peixe banana

.posts recentes

. ...

. retratos

. Movimento Unidos pelo Con...

. twenty three:

. Curtas

. Moderação

. Um docinho...

. Unidos Venceremos

. Apresentação do candidato

. Modern Toss

. Era uma vez...

. more wordboner

. O curso

. Projectos do Sr. Eng. Soc...

. Sim é possivél, urinar em...

. PLANO PARA SALVAR PORTUGA...

. Word Boner

. tumblr

. Para quem ainda tinha duv...

. Viana tem mais encanto na...

Alucinações

 
Um polícia reformado imagina que uma criança inglesa morreu num trágico acidente e que o corpo foi congelado ou conservado no frio pelos pais e amigos.

Um político socialista imaginou que era possível combater a corrupção neste sítio cada vez mais mal frequentado, apresentou um pacote de medidas e ficou muito desiludido quando o seu partido o atirou para o lixo e aprovou um conjunto de diplomas que vai deixar tudo como antes, o quartel-general em Abrantes. O mesmo político imagina, agora, que a corrupção está mais elevada do que nunca e fica triste porque ninguém lhe liga nenhuma.

A líder do maior partido da Oposição imagina que é possível chegar ao poder sem andar por aí em festas folclóricas, em espectáculos medíocres e chega ao ponto de dizer que vai tentar falar verdade sobre os problemas do sítio e que não se pronuncia sobre assuntos que não conhece.

Um ministro deste Governo socialista imagina-se como director comercial de uma multinacional e salta de contente sempre que assina um contrato com uma empresa qualquer. O mesmo governante imagina um dia que a crise económica, financeira e social já passou e no outro imagina que o que aí vem vai ser bem pior.

Um primeiro-ministro que os indígenas elegeram em 2005 com maioria absoluta imagina que vive num sítio maravilhoso, com uma economia pujante, com um nível de vida extraordinário, com cidadãos altamente qualificados e até imagina que Angola tem um governo fabuloso, digno dos maiores elogios, que a Líbia é dirigida por um ser normal, democrático, que até escreveu em tempos um livro que só por acaso não ganhou o Nobel da Literatura e que a Venezuela tem um presidente civilizado, com os alqueires todos no sítio e que merece ser recebido várias vezes em poucos meses com gestos de grande carinho e amizade.

Um Presidente da República imagina que os seus silêncios são mais importantes do que as suas palavras e imagina que quando discursa alguém o ouve verdadeiramente com atenção. Imagina que quando fala na necessidade de se combater a corrupção ou atacar a sério os problemas da Justiça e da Educação alguém o leva verdadeiramente a sério e vai a correr preparar mais uns diplomas para indígena ver.

A alucinação, como se vê, veio para ficar. Está a tornar-se numa pandemia. Em vez de dinheiros da Europa, o sítio precisa urgentemente de uma enorme equipa de psiquiatras que o cure da doença enquanto há tempo e esperança de cura.

António Ribeiro Ferreira
[in Correio da Manhã, 28.07.2008]

.visitantes

Web Counters
Cheap Laptop

.subscrever feeds